sábado, novembro 11, 2006

Multiple choice

Indentifiquei as consequências práticas de estar, há dez meses, a estudar para um exame de escolha múltipla. Actualmente a minha vida é decidida, inconscientemente, por escolha múltipla.
Funciona mais ou menos assim...
A sua casa está um caos. Escolha, das seguintes, qual a alinea que lhe parece mais correcta.
  1. Dar de fuga. Aninha-se na casa de alguém até desarrumar essa casa e assim consecutivamente, passando pela casa de todos os seus amigos e familia.
  2. Alheia-se. Finge que o chão não está cheio de cotão, que os móveis não estão cheios de pó, que não tem uma pilha de loiça para lavar e que a roupa que está suja nem sequer faz falta.
  3. Contrata alguém para lhe limpar a casa, sendo que essa pessoa será paga com a sua mesada.
  4. Mete mãos á obra e passa a manhã inteira a aspirar, lavar, limpar pó, lavar roupa, engomar e etc. E ainda faz um bolo de chocolate no final.
  5. Passa os olhos pelo capitulo de pneumologia, para avaliar o risco de, com tanto ácaro, ter uma crise de asma e ganha coragem para a alinea 4.
( 5 + 4 ... tinha mesmo de ser ... ponderei todas menos a 3 ... da minha mesada??!!?? eu hein... )
Escolha a afirmação correcta. O frigorifico está vazio. Vai ás compras e traz:
  1. Coca-cola. Só.
  2. Não vai ás compras. Vai ao McDonalds e adia o assunto por um dia.
  3. Alface, queijo para salada, tomate e pão.
  4. Alinea 3 + produtos de limpeza para limpar a casa que está um caos.
  5. Nada, porque entretanto encontrou uma amiga e olhe... esqueceu-se!
( 4 ... ou talvez 2... provavelmente a 2 LoL )
Não sabe o que vestir. Das seguintes escolha a falsa:
  1. Veste tudo o que tem no armário e acaba por sair de casa com a mesma roupa de sempre.
  2. Escolhe uma roupa e sai rápido de casa para não se atrasar.
  3. Não vai a lado nenhum porque acordou naqueles dias em que nada fica bem e quando é assim, mais vale ficar em casa do que andar na rua a "fazer feio".
  4. Desiste do seu armário e vai atacar o armário da mãe.
  5. Desiste do armário da mãe e volta para o seu, escolhe uma roupa e sai de casa, duas horas depois do tempo previsto.
( definitivamente a falsa é a 2! )
O seu telefone recebe uma mensagem, mesmo na altura em que você está no auge da concentração. Ao ver o remetente você já sabe que não pode ser boa coisa. Você:
  1. Fica com vontade de atirar o telemóvel pela janela (mas não atira!).
  2. Responde á mensagem com um rol de asneiras e resolve o problema de uma vez por todas.
  3. Lê a mensagem, sorri, diz baixinho "epá, mata-te!" e... não responde.
  4. Não lê a mensagem, apagando-a.
  5. Depois de responder á mensagem com um rol de asneiras, volta a repetir o rol de asneiras como forma de profilaxia para eventuais mensagens de conteúdo semelhante.
( ainda tenho algumas duvidas aqui... mas é a 5 )

A única diferença aqui é que o jurí sou eu, e as soluções também são dadas por mim. O que quer dizer que posso fazer algumas alteraçõezinhas.

Pelo menos nesta escolha multipla eu tenho boa nota! :P

2 comentários:

S. disse...

Então visto que posso escrever e tu não te importas :)
cá estou eu (como o brise contínuo):)

Shara tu és mesmo muito gira :)
Olha, só te posso dizer o meu truque ...
Faço assim: como também ando fartérrima (ÉRRIMA!!!) de estudar, e a minha concentração só dura na melhor das hipóteses 1 horita, ao fim de 1 hora páro e faço uma tarefa doméstica (quem sabe a ouvir aquela linda canção da Chiquita?). O único problema é saber parar...se não quando dou por mim são 4 da tarde e ainda ando alegremente a varrer, lavar pratos etc. (só limpar o pó é que não me atrai muito...quando era miúda e me mandavam, fazê-lo... assoprava...).

Por falar nisso, quando era miúda perguntavam-me o que queria ser quando fosse grande. Dizia sempre que queria ser alta (yeah right!! hold that thought girl! Not with THAT gene pool).
Depois explicavam-me "não não é isso (Oh Nana a tua miúda é esquisita não é?) o que queres fazer?" Durante uns tempos dizia que queria ser bailarina, quando me disseram que tinha de passar fome achei que nem tanto ao mar nem tanto à terra... e comecei a dizer para desgosto do pessoal lá de casa: "Empregada doméstica". "Oh Sardanisca mas porquê?" "É que eu gosto muito de lavar e limpar" respondia eu toda lampeira.
:)
É claro que trataram logo de me explicar o funcionamento da sociedade e que eu "queria mesmo" era ser médica, ou doutora ou algo assim.

Precisas de encontrar alguém com a minha tara da limpeza (eu canto e tudo!) no teu grupo de amigos :) e oferecer-lhe com prenda uma limpeza à "tua casa". Depois fazem o bolo de chocolate e terminam o dia com uma sessão de perguntas para ver se sabem a matéria estudada :)

Beijocas
S.

NonSense disse...

Adorei este post! :P