domingo, julho 08, 2007

As oito maravilhas...

A oitava maravilha do mundo é o arraial do "meu" bairro. Sem dúvida.
Não há nada que chegue a um arraial onde não há manjericos, mas há um "copo de cerveja a 25 cêntimos com oferta de um copo de sangria". Mais a bela da sardinha. Onde há rifas nas quais "calha sempre alguma coisa". A mim não me calhou nada, surpreendentemente... "É sorte ao amor menina", disse a velhota...

Deve ser deve. Quase que preferia ganhar um daqueles (lindoooos) pratos de pendurar na parede do que ter ESTA sorte que tenho tido ao amor...

Arraial que se preze tem um cantor que diz "vocês são liiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiindos pessoalllllllll!!" enquanto puxa pelo povo que grita desaforido "ÉsseÉleBêêêêêê ÉsseÉleBêêêêêê ÉsseÉleBêêêêêê!!!!!!!!!!!!" Num arraial a sério no "meu" bairro há um mix de Tony Carreira com Ivete Sangalo. Só que dança-se tudo da mesma maneira. Inclusivé Kizomba, porque no "meu" arraial não faltou o clássico "Iolandaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa, és todo meu quererrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr"!
No arraial do "meu" bairro dança-se tarraxinha e KuDuro em versão pimba... Afinal é um bairro multi-cultural e há que agradar a gregos e troianos.
Dança homem com homem, mulher com mulher, mulher com homem, homem com Super Bock... Até o padre dança. Com as beatas. Que fazem fila e se empurram. Devaraginho, mas empurram, que eu bem as vi... Hoje deve ter ido tudo ressacado para a missa das 11.
O Comité de escolha das Maravilhas é que não viu isto senão... era vitória certa!

2 comentários:

Dr Surfer disse...

muito bom...muito bom....

Carla disse...

Lindo o arraial do teu bairro....